Inovação, mais liberdade, melhores experiências para os usuários, maior competitividade e novas fontes de receita. Esses são apenas alguns dos principais benefícios do Open Banking, modelo que já está em implementação no Brasil pelo Banco Central (Bacen) e o Conselho Monetário Nacional (CMN).

Neste artigo, detalhamos sete vantagens do Open Banking que farão você entender como o sistema financeiro aberto pode ajudar o seu negócio e a se convencer em fazer parte dessa revolução definitivamente. Acompanhe todos os tópicos!

O que é o Open Banking?

O termo pode ser definido como o compartilhamento padrão de dados financeiros e serviços de clientes entre instituições regulamentadas.

Entretanto, é fundamental destacar que o fluxo de dados só ocorrerá mediante uma autorização prévia de cada cliente. Pois, o conceito tem como fundamento base o princípio de que todas as informações de um usuário devem pertencer a ele.
Sendo assim, cabe unicamente a cada cliente escolher compartilhar seus dados entre as instituições que fazem parte do ecossistema de Open Banking. Instituições como bancos tradicionais e fintechs podem se integrar.

Tudo isso só será possível por conta da existência de APIs (Application Programming Interface), responsáveis por integrar sistemas de informações com segurança.

Como o Open Banking pode ajudar seu negócio?

Agora que você entendeu melhor o conceito, chegou a hora de conferir as principais vantagens do Open Banking para a sua empresa.

Acompanhe a lista que preparamos abaixo:

1. Mais liberdade para contratar produtos e serviços

Uma das principais vantagens que o Open Banking proporciona para os negócios é dar total liberdade de contratar produtos e serviços financeiros que desejarem.

Quer um exemplo, agora será possível ter uma conta corrente vinculada a uma agência tradicional e um cartão de crédito e débito ligado a uma fintech que ofereça melhores vantagens. Tudo isso, compartilhando os dados de forma ágil e segura.

2. Mais inovação no sistema financeiro

As fintechs prometem ganhar ainda mais relevância com o Open Banking. E com isso, mais soluções inovadoras prometem solucionar dores personalizadas dos negócios e clientes.

3. Novas estratégias de negócio

Bancos e instituições financeiras já estão repensando suas estratégias de negócios e atentos às novas possibilidades por conta do Open Banking.

Produtos e serviços direcionados para nichos específicos de clientes, novas parcerias, investimento em infraestrutura e novos processos, melhoria em taxas e condições, além do foco total na experiência do usuário são algumas novidades.

4. Enriquecimento de dados

As empresas passam a ser capazes de estudar o seu público e entender suas dores e necessidades com base nos dados. Dessa maneira, os recursos investidos com prospecção e retenção de clientes tendem a ser mais assertivos.

Sem falar que com mais informações disponíveis, as empresas podem estabelecer experiências mais personalizadas, aumentando suas taxas de aceitação e valor agregado de marca.

5. Personalização avançada

Todo consumidor busca por um atendimento que possibilite produtos e serviços altamente personalizados. E agora, com um vasto volume de dados financeiros dos clientes, é possível criar uma condição especial para cada pessoa.

Para isso, basta levar em consideração preferências, rendimentos médios, perfil de compras, histórico de pagamentos e demais informações.

6. Mais segurança

O Open Banking também é responsável por assegurar uma maior segurança nas operações dentro do seu ecossistema, regulamentadas e fiscalizadas pelo Banco Central.

Sendo assim, toda transação precisará seguir normas como criptografia, protocolos de autenticação, assinaturas digitais e demais recursos de segurança.

7. User Experience e o Open Banking

O grande volume de novos usuários nas plataformas digitais dos bancos e demais instituições financeiras, impulsionados pela pandemia da COVID-19, fez com que a demanda por interfaces mais intuitivas e acessíveis se tornassem prioridade.

Assim, o Open Banking fez com que toda a jornada do usuário fosse vista como prioridade, aprimorando segurança, agilidade e canais de atendimento entre clientes e empresas.

Quer saber mais sobre como o Open Banking pode ajudar seu negócio? Acesse nosso e-book gratuito.