O setor bancário enfrenta dinâmicas transformações. Com isso, as plataformas de serviços financeiros passam a se expandir em diferentes canais, produtos e oportunidades.

Neste artigo, vamos falar sobre o banking white label, uma forma eficiente de gerar mais receita e agregar valor para a sua empresa. Acompanhe conosco todos os tópicos para entender o conceito, benefícios e os principais desafios de uma plataforma white label de banking. Boa leitura!

Qual o conceito de banking white label?

Antes de compreender o que significa o banking white label, você precisa ter claro que a ferramenta faz parte do conceito Banking as a Service, ou BaaS — modelo que possibilita a entrega de produtos e serviços financeiros por empresas de qualquer ramo de atuação.

Tendo isso em mente, você precisa também entender o que é white label. Trata-se de um modelo de negócios em que uma plataforma de e-commerce permite a outra empresa explorar comercialmente sua tecnologia e serviços virtuais com marca própria. Isso é feito através da terceirização de toda tecnologia e infraestrutura de TI.

Sendo assim, o que podemos chamar de banking white label nada mais é do que uma plataforma que possibilita a diferentes negócios criarem soluções financeiras personalizadas para seu público e com a inserção de marca própria.

Quais são os benefícios para a sua empresa através de uma plataforma white label de banking?

Inovação! Só que além de contribuir para o que podemos chamar de transformação digital, soluções banking white label permitem que sua empresa resolva problemas pontuais dos clientes de uma maneira muito mais precisa.

Fique atento a lista de benefícios que uma carteira digital white label pode proporcionar para o seu negócio:

1. Elevar a taxa de retenção de clientes;

2. Atrair novos clientes por conta das soluções financeiras oferecidas;

3. Aumentar seu portfólio de serviços;

4. Melhorar o branding — uma vez que os produtos financeiros, como cartões de crédito e débito, terão sua marca;

5. Elevar a confiança do público na marca, os rendimentos e o poder competitivo no mercado;

6. Possuir um banco digital próprio para suas transações financeiras, com menor custo e gestão otimizada;

7. Sair na frente dos concorrentes, por oferecer soluções mais contundentes.

Sem falar ainda que você pode oferecer produtos e serviços financeiros a uma grande parcela da população que não possui conta em bancos — um em cada três brasileiros. Fatia de mercado responsável por movimentar R$ 817 bilhões por ano.

Uma fintech white label reduz a tradicional burocracia das grandes agências. Com isso, sua empresa poderá oferecer soluções financeiras mais inclusivas, abrangentes, desburocratizadas e ao alcance de todos.

Desafios para o uso do banking white label

Agora que você já conhece o que significa e quais são as vantagens do banking white label, precisa também estar atento aos desafios para implementar os serviços financeiros.

Uma plataforma banking white label funciona através de aplicações do BaaS que são integradas por APIs — Application Programing Interface. Essas APIs podem ser explicadas como conjuntos de instruções de programação que permitem a comunicação entre dois ambientes virtuais.

A ferramenta permite que a empresa ofereça produtos e serviços financeiros sem grandes preocupações com regulamentações e homologações, pois toda a parte burocrática do processo é de responsabilidade do desenvolvedor das APIs — e já foi resolvida de forma prévia.

Todo esse movimento que envolve o white label banco digital faz parte da democratização do mercado financeiro brasileiro nos últimos anos, com o aumento expressivo de fintechs e empresas de diferentes setores que passam a oferecer serviços financeiros com a utilização do BaaS.

Agora, te convido para saber quais são os motivos que fazem empresas de diferentes setores apostarem em serviços financeiros? Clique aqui e fique por dentro de todas as informações!